Arquivo mensal: julho 2014

As estatísticas do ECVitória.

Olá amigos rubro-negro!

Finalmente, depois de oito rodadas sem vencer, o LEÃO DA BARRA derrotou o Tigre Catarinense nesse sábado (26/07 – 18h:30), conquistando a sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro 2014, por 3 X 1 (2 gols de Caio e outro de Ayrton, descontando Serginho), no Estádio Heriberto Hülse, quebrando um jejum de quase vinte e seis anos – a última vitória do ECVITÓRIA dentro da casa do Criciúma foi em 02/11/1988 por 1 X 0.

Com essa vitória, saímos da zona de rebaixamento e, o que é melhor, as sardinhas voltaram para o lugar de onde nunca deveriam ter saído. Com isso, podemos respirar aliviados, acalmar os ânimos, ganhar confiança e nos preparar para a batalha do próximo sábado (02/08 – 21h) no Barradão, contra o Grêmio Porto Alegrense. Todos os caminhos nos levarão ao nosso SANTUÁRIO! E à passarela do álcool…

Claro que sabemos que falta muito para, como torcedores, acreditarmos em algo mais acima da zona de rebaixamento, porém temos que fazer a nossa parte: comparecer à nossa casa, incentivar o time e torcer, torcer e torcer…

Vamos às estatísticas: Foram disputados trinta e seis (36) pontos – doze rodadas, ou seja, quase trinta e dois por cento (31,6%) do campeonato; faltam vinte e seis (26) rodadas, equivalente a setenta e oito (78) pontos a serem disputados, correspondentes a sessenta e oito por cento (68,4%) do campeonato.

O ECVitória está com onze (11) pontos, na décima sexta (16ª) posição e um aproveitamento de apenas trinta por cento (30,6%). Das doze partidas jogadas, cinco foram em casa (Pituaçu e Joia da Princesa – Feira de Santana) e sete fora de casa. Fora de casa foram duas vitórias (Fluminense e Criciúma – 6pts), três empates (Bahia, Botafogo e Goiás – 3pts) e duas derrotas (Internacional e Cruzeiro – 0pts); dentro de casa foram três derrotas (Palmeiras, Atlético/MG e Sport – 0pts) e dois empates (Atlético/PR e Corinthians – 2pts). O LEÃO Ainda não venceu em casa. Esperamos que aconteça no próximo sábado.

No ano passado, sem a virada de mesa, o Fluminense caiu com quarenta e seis (46) pontos (40,4% de aproveitamento), enquanto o ECV terminou o campeonato na quinta colocação com cinquenta e nove (59) pontos (desempenho de 51,8%).

Para o ECVitória não correr risco de cair para a segundona (vá de retro!!!) precisará conquistar cinquenta por cento (50%) dos pontos que falta disputar, ou sejam, trinta e nove (39) pontos, correspondentes a treze (13) vitórias ou dez (10) vitórias e nove (9) empates, ou outras combinações mais… Teremos quatorze (14) jogos dentro do Barradão, quatro neste primeiro turno e dez no segundo. Temos que fazer o dever de casa sempre – o que não fizemos até agora.

De acordo com as probabilidades, o LEÃO DA BARRA está com quase dezenove por cento (18,9%) de chances pro rebaixamento e menos de meio por cento (0,3%) de chegar à Libertadores (G4). São probabilidades que mudam a cada semana, a cada jogo. VAMOS CONSTRUIR AS NOSSAS ESTATÍSTICAS – melhorar as probabilidades.

Que tenhamos dias melhores. Que o mês de agosto chegue com novos e bons ventos. Que os novos contratados sejam melhores que os que já estão. Que “São Escudero” retorne logo e bem. Que Jorginho e Diretoria falem menos (pérolas) e tornem o time mais pegador, compacto e contundente.

Por falar em Jorginho, eu que, se consultado, seria contra sua contratação, hoje acho que é o melhor perfil para o nível do elenco que temos. Ouvi esta semana o seguinte sobre ele: para se fazer um omelete é preciso que se tenha ovos. Parece que a partir de agosto ele os terá. Esperamos ter omelete!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Anúncios

Frases emblemáticas.

Olá amigos rubro-negros!

Que alegria, que felicidade é voltar para nossa casa, é ir ao NOSSO BARRADÃO, é reencontrar os amigos para aquela geladinha na Passarela do Álcool… Ontem (20/07) foi um dia de festa e de comemoração. O melhor foi sentir o prazer, o sorriso estampados nas nossas caras. Como é bom termos casa própria – e agora de tapete novo.

Mas, como nem tudo são flores, a mediana (sou otimista) equipe do Vitória conseguiu um empate sem gols contra o vice-líder Corinthians. Poderia ser pior, se é que isso pode servir de consolo.

Depois de amargamos um primeiro semestre desastroso, esperávamos, após a parada da copa, um retorno melhor, com um novo time, com as novas contratações já jogando, tudo já azeitado, mas… Este ano estão faltando muitas coisas para nós “sofredores” rubro-negros. É uma “fartura” – farta tudo! Mas isto já foi abordado em outro texto de 01/03/2012 – é a história que se repete?

Por falar em repetição, as coisas (ruins) sempre voltam a acontecer no VITÓRIA. Quando não é a falta de planejamento, é a sua execução mal feita ou intempestiva. Além disso, nos últimos anos temos ouvido/lido algumas frases emblemáticas dos nossos dirigentes/comissão técnica que retratam o clima e o psicológico coletivo do Clube.

Em 02/06/2012, quando subimos para a série “A” com setenta e um (71) pontos, igual ao São Caetano, no texto “Engolindo (sapo) a seco”, destacamos a frase/previsão do atual Presidente Carlos Falcão (na época era o Vice Presidente) que o Vitória “subiria para a primeira divisão com sessenta e seis (66) pontos” – 58% de aproveitamento. O ECVitória quase não sobe com setenta e um pontos.

No texto “O poder das palavras”, de 02/08/2013, ressaltamos o que foi dito por Caio Junior, nos preparativos para o jogo contra o Botafogo em 01/08/2013, quando perdemos por 2 X 0, para que os jogadores do Vitória aproveitassem a oportunidade de jogar no Maracanã e outras coisas mais, como se fosse algo do outro mundo. Isso depois de termos aplicado as famosas goleadas de 5 X 1 e 7 X 3, no jahia, já na Arena Fonte Nova.

O Técnico Jorginho, apesar do pouco tempo – menos de dois meses, já proferiu algumas pérolas, quais sejam: “Vamos vender caro a nossa derrota; vão ter que rebolar para ganhar da gente; O adversário vai ter que suar muito para nos vencer”…

Pois é amigos rubro-negros, quem fala demais dá bom dia a cavalo e quem fala o que quer, ouve o que não quer.

Façamos com que as palavras sejam compatíveis com as atitudes e melhores que o silêncio.

Rochinha está de volta, tratando da esofagite, livrando do estresse e amando mais o ECV.

Que possamos viver dias melhores neste segundo semestre.

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Novas fotos!

Mais fotos em https://rocharubronegro.com/fotos/

%d blogueiros gostam disto: