Arquivo mensal: novembro 2018

E ELE desceu…

Olá amigos rubro-negros!

Como vocês sabem, na maioria dos meus últimos textos sempre pedia por um milagre, invocando a ajuda de Todos os Santos, Anjos, Querubins e Serafins para que o NOSSO OUTRORA ESPORTE CLUBE VITÓRIA não caísse para a segunda divisão do futebol brasileiro, apesar de já ter jogado a toalha desde o empate contra o Paraná (1 X 1 – 04/11).

Nesse domingo (25/11), o Nosso Bom Deus, já cansado dos meus pedidos e vendo o meu sofrimento e de milhares de outros torcedores rubro-negros, sabendo da dificuldade que seria reverter os noventa e sete por cento (97%) de possibilidade de queda do Leão da Barra, não mais acreditando na sua Legião, enviada nos jogos anteriores, resolveu descer para fechar o gol de João Gabriel, no jogo contra o Grêmio, no Barradão.

E ELE desceu… e resolveu o problema. O ECV não sofreu nenhum gol, raridade para a defesa mais vazada do brasileirão. Quem assistiu ao jogo viu que tinha algo MUITO PODEROSO protegendo o gol rubro-negro. ERA DEUS! Somente ELE poderia fazer aquilo: bola na trave (2), chutes e mais chutes, cabeçadas e mais cabeçadas e nada da bola gremista entrar.

A única coisa que ELE deixou por conta dos pernas de pau de RD Lero Lero foi que fizessem um gol e, assim, a esperança seria reacendida e a situação amenizada. O único problema é que ELE desceu só, usou todos os seus poderes e não permitiu que nenhuma bola entrasse, porém, sem os membros da sua Legião, não pode ajudar os atacantes (sic) a fazerem um gol. Haja ruindade e incompetência. Quando o time é ruim, mesmo com toda ajuda DIVINA, não tem jeito. A SEGUNDA DIVISÃO era inevitável.

Segundo um colega meu, o Mestre Carlos Fernandes, “o mundo perfeito para os times do norte e nordeste é a série “B”, sendo ruim (sofrido) somente o momento da passagem, a descida para a segundona”.

Este foi um ano para se esquecer. O pior ano do resto de nossas vidas. Assim esperamos. E agora José? O que nos espera? Chegamos ao fundo do poço e não vemos nenhuma luz no fim do túnel. Ricardo David atingiu seus cem por cento de rejeição. Que ele arrume a sua mala, com a sua central de (des) inteligência e vá para bem longe do NOSSO AMADO ECV. Nós o amamos, VITÓRIA!

Hoje, Alexi Portela o classificou como um ESTAGIÁRIO. Não existe mais adjetivos para o (des) qualificar. Conseguiu superar a todos os seus antecessores em resultados negativos. Amanhã ele irá fazer um pronunciamento à NAÇÃO RUBRO-NEGRA. Será a sua renúncia? Acredito que não. Ele não tem humildade e nem sabedoria para tal. Com certeza virão mais uma porção de lero lero que não convence mais ninguém, nem a ele mesmo.

Ontem ouvimos muitos depoimentos emocionados e emocionantes de verdadeiros rubro-negros e rubro-negras. Nós que amamos verdadeiramente o VITÓRIA temos que nos unir e não acreditar mais em nenhum SALVADOR DA PÁTRIA, cobrar desse remendo de conselho deliberativo (em caixa baixa mesmo) uma atitude digna (poderia ser a renúncia coletiva), juntar os cacos e PEDIR AO NOSSO BOM DEUS que o ano de 2019 seja a redenção da democracia no ECV.

FORA ABUTRES! FORA VAMPIROS! FORA AMADORES! FORA CÂNCERES!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Anúncios

O ilusionista.

Olá amigos rubro-negros!

Como diz o velho ditado, fazendo algumas adaptações: “toda miséria para o sofrido torcedor do Vitória é pouco”. Vivemos de ilusão. Passamos o ano todo nos iludindo, imaginando que dias melhores viriam ou virão. E onde chegamos sempre? NO FUNDO DO POÇO. Somos carentes de um bom gestor. Somos cheios de esperança. Terreno fértil para qualquer LERO LERO, para qualquer um que tenha uma boa conversa, para qualquer ilusionista

ROCHADAMUS já havia previsto que dias de trevas iriam pairar sobre o OUTRORA GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA e que, desde o empate no jogo contra o Paraná (04/11 – 1 X 1), já estávamos na segunda divisão. Somente um grande milagre nos salvaria. Para tanto, bastaria que fizéssemos a nossa parte: aí é que esteve, está e estará o nosso grande problema. Como ganhar uma partida com esse elenco medonho? Tirar leite de pedra? Por mais que apelemos (ou apelássemos) a Todos os Santos, Anjos, Querubins e Serafins, teríamos que ter um mínimo de garra, determinação, sangue no olho, disposição tática… Nem isso esse remendo de time tem.

Depois do empate contra as sardinhas (11/11 – 2 X 2) e antes do jogo contra o Sport (14/11 – 0 X 0), disse aos colegas de trabalho que o Vitória ganharia somente um ponto nos cinco últimos jogos. Pensei que seria contra o Atlético Paranaense. Errei. Foi contra o Sport.

Nesse fático sábado (17/11), pedi ao Nosso Bom Deus que me desse de presente de aniversário a vitória do MEU LEÃO DA BARRA, pois ainda acreditava em um milagre e orava para que acontecesse. E o que vimos? Um bando de pernas de pau em campo. Durante o jogo, cheguei a ser entrevistado duas vezes pela Transamérica FM, oportunidade em que falei sobre o meu texto “Tenham compaixão de nós” e que o Vitória não ganharia a partida e que já estava rebaixado. João Andrade chegou a dizer que bastaria o ECV fazer um gol e eu mudaria de opinião. Este era o problema: fazer um gol, ganhar UMA PARTIDA…

Depois do jogo, de cabeça quente, com o meu amigo Edson (Disfrut), paramos para beber uma cervejinha (a saideira) num daqueles ambulantes que ficam no corredor até o estacionamento e afogar as mágoas. Estávamos fazendo uma análise do (mais um) fatídico jogo, quando passou por nós a ferrenha e conhecida torcedora rubro-negra LILIAN PIROPO. Convidamos para se aproximar e tecer seus comentários sobre o jogo e a situação que se encontra o Esporte Clube Vitória. Foi quando ela nos falou que tinha todos os scouts de RICARDO DAVID e que ele era um ILUSIONISTA, pois conseguiu iludir toda a nação rubro-negra se dizendo o BAM BAM BAM, que já tinha tudo planejado, seja com relação ao elenco, a divisão de base, patrocínio e muitas outras coisas mais… Foi quando a indaguei: você disse que o acha um GRANDE ILUSIONISTA? Gostei! Vou escrever um texto com esse título: O ilusionista. Realmente essa palavra representa tudo que ele foi para nós, incautos torcedores que fomos enganados, em menos de doze meses, por dois presidentes: Ivã de Almeida, o acéfalo e Ricardo David, o ilusionista.

Onde vamos parar? Já estamos na segundona há muito tempo meus nobres companheiros de infortúnio. Não tem escapatória. Não tem milagre certo. CHEGA DE ILUSÃO! ADEUS ILUSIONISTA!!!

Seremos Vitória em qualquer situação ou divisão. Continuaremos indo ao nosso santuário para torcer, para sofrer, porque eles passarão e…

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Tenham compaixão de nós!

Olá amigos rubro-negros!

Ontem (13/11), no Barbacoa, tivemos um almoço/palestra dos associados do Instituto dos Auditores Fiscais – IAF, oportunidade em que encontramos muitos colegas da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia. Evento raro e prazeroso. Como a maioria dos colegas são meus amigos e sabem da minha paixão pelo OUTRORA GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA, (os sardinhas) não perderam a oportunidade de me “zoarem”, ferindo-me no fundo do meu coração, chamando-me de segunda divisão (com rima e tudo – rsrsrs). Não tendo argumentos para contestá-los, simplesmente disse: TENHAM COMPAIXÃO DE NÓS!

Após esse breve momento de descontração, voltemos à nossa ferida: os erros estratégicos (ou melhor, falta de estratégia) dessa desastrosa gestão Ricardo David. Antes, porém, gostaria de trazer, para reflexão, algumas citações do Grande Pensador/Filósofo chinês CONFÚCIO:

1- De nada vale tentar ajudar aqueles que não se ajudam a si mesmos;

2- Não corrigir nossas falhas é o mesmo que cometer novos erros; e, principalmente

3- Somente os sábios e os estúpidos é que não mudam suas opiniões.

Continuando com as citações reflexivas, apresento mais outra (não é de Confúcio): passarinho que muito canta caga no ninho.

Um bom gestor é ou será aquele reconhecido pelas suas ações/atitudes e não pelo seu LERO LERO. Verborragia nunca conquistou nada, pelo contrário, cansa e se desacredita rápido. Central de Inteligência e outras coisas mais não enche barriga de torcedor nenhum. Torcedor quer ver é time competitivo, com garra, determinação e com sangue no olho. O resultado de um bom planejamento é visto em campo, na tabela. A SORTE SEMPRE ACOMPANHA OS COMPETENTES. A BOLA NÃO ENTRA POR ACASO.

Chega de lero lero! Não tem mais jeito. Não adianta transferir a culpa/responsabilidade para Carpegiani. Ele foi somente mais um bode expiatório. O que não foi feito, não pode ser mais remediado. Futebol profissional não é para amadores. Infelizmente é só o que tem aparecido para dirigir o Vitória nesses últimos tempos.

Tiveram todas as oportunidades de se construir um VITÓRIA FORTE E VENCEDOR, mas a arrogância e o despreparo dos últimos dirigentes nos levarão à segunda divisão e a amargar dias de trevas e retrocesso. Oh Meu Deus TENHA COMPAIXÃO DE NÓS!!!

ROCHADAMUS vislumbra dias terríveis. Acho que nem um grande milagre nos livrará das trevas.

Hoje à noite invocaremos a ajuda de TODOS OS SANTOS, ANJOS, QUERUBINS E SERAFINS. Tenham compaixão de nós!!!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

ViBa 11/11 – Passarela do Álcool

%d blogueiros gostam disto: