Arquivo da categoria: Rocha

Vitória X Guarani 14/09/2019 – Arena Fonte Nova

Anúncios

A derrocada.

Olá amigos rubro-negros!

Quando você pensa que não tem mais o que piorar; quando você se enche de energia positiva, de esperança, na certeza que novos ares hão de vir, que os tempos serão outros, eis que tudo piora, tudo desaba, se transforma em ruínas, se destrói por completo, aí você constata que está vivendo A DERROCADA.

Foram quase trinta (30) dias sem jogar, desde onze de junho (11/06), quando perdeu de 3 X 0 para o Oeste, em Barueri-SP, que o time ficou treinando, contratando, buscando encontrar um padrão de jogo e, consequentemente, mudar o perfil desse elenco perdedor, destruído, aniquilado… E o que encontramos no retorno? Um time sem alma, sem identidade, sem vontade, sem personalidade, sem sangue nos olhos, sem auto estima, com o psicológico coletivo acabado, com medo de si mesmo, enfim, a mesma coisa que estava antes ou até pior.

Independentemente da situação em que se encontrar, qualquer que seja a série, a divisão, o campeonato, o estádio (Barradão ou Arena), eu e os VERDADEIROS APAIXONADOS E SOFREDORES TORCEDORES RUBRO-NEGROS iremos assistir os jogos do NOSSO OUTRORA GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA. O meu amor é inabalável. A INSTITUIÇÃO ECV sobreviverá a tudo e a todos esses últimos dirigentes: ACÉFALO, LERO-LERO, ARROGANTE, PREPOTENTE… (identifique cada um de acordo com os adjetivos explicitados).

Realmente existe uma cabeça de JUMENTO enterrada no Barradão. Nunca antes na história do Clube, o Vitória passou por uma situação tão degradante, com uma sequência de dirigentes cada um pior que o outro. É muito azar para um time só. Culpa dos eleitores que até agora não aprenderam a escolher os seus membros dos CONSELHOS DIRETOR, DELIBERATIVO E FISCAL, pois todos são corresponsáveis pela situação que o clube se encontra. Nenhum fez a sua parte, contribuindo para que chegássemos nessa DERROCADA.

Em cada um dos meus textos, tenho perguntado: SERÁ QUE JÁ CHEGAMOS AO FUNDO DO POÇO? As respostas e perspectivas têm sido as piores possíveis, pois parece que esse poço não tem fundo. HAJA CORAÇÃO!

E aí “sêo minino” existe alguma possibilidade de sairmos dessa situação vexatória, de não cairmos para a série “C”, de permanecermos na série “B”, ou até mesmo voltarmos para a elite do futebol brasileiro? Tudo é possível, contudo será necessário que muitas coisas sejam feitas, começando por um PLANO DE AÇÃO EMERGENCIAL E A UNIÃO DE TODOS. Muita humildade dos envolvidos na busca de solução, onde cada um abra mão dos seus projetos pessoais e coloque o AMOR AO ECVITÓRIA ACIMA DE TUDO E DE TODOS.

PQP, então estamos fulminados, pois isso nunca aconteceu e, principalmente com os protagonistas que temos, será muito difícil que venha a acontecer. Essa é a verdadeira derrocada.

ENTÃO SÓ NOS RESTA ORAR MUITO E ESPERAR QUE ACONTEÇA UM MILAGRE!

OREMOS, POIS!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

ROCHADAMUS erra tudo!

Olá amigos rubro-negros!

Como vocês viram no meu último texto, ROCHADAMUS, e todos os puros-sangues rubro-negros que têm um pouco de bom senso e conhecimento do mundo futebolístico, sem paixão, tem acertado a maioria de suas previsões. Todos nós, que conhecemos um pouco do NOSSO OIUTRORA GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA, sabíamos que, com esse remendo de elenco que temos, só íamos parar quando chegássemos ao fundo do poço – A LANTERNA da série “B”. Haja coração!!!

Ontem (10/06), estava em um almoço, em comemoração ao aniversário de treze anos do nosso Instituto dos Auditores Fiscais – IAF, quando o colega e amigo Roberval me disse que “ROCHADAMUS precisa começar a errar as suas previsões, pois o ECV não tem mais para onde cair”. Dei risada e prometi que ia escrever um texto em que as previsões fossem feitas ao contrário do que queríamos e, assim, ia torcer para que errasse todas.

Portanto, agora ROCHADAMUS fará as suas previsões, torcendo para que não acerte nenhuma. Ei-las:

1- O Vitória vai perder o jogo de hoje à noite para o Oeste-SP (20h30 – Arena Barueri);

2- PCC vai continuar sem ouvir ninguém;

3- PCC vai falar sempre da gordura dos jogadores;

4- PCC vai continuar se achando o rei da cocada preta;

5- PCC vai continuar sem apresentar um planejamento de curto, médio e longo prazos;

6- O Vitória vai cair para a série “C”;

7- O Vitória não vai voltar para a série “A” este ano;

8- Alexi Portela e Manoel Matos vão continuar sem ajudar PCC;

9- Ivã de Almeida e Ricardo David vão se unir para salvar o Vitória;

10- Após a parada da Copa América o Vitória vai voltar a jogar com esse mesmo elenco;

11- Se você estiver acima do peso, faça a dieta de PCC;

12- PCC vai continuar contratando bolachas quebradas; e, para não dizer que não falei das flores…

13- A sardinha vai ganhar pro Grêmio e passar para as semifinais da Copa do Brasil.

Pois é, amigos de infortúnio, jamais imaginei que iríamos descer uma ladeira dessa e sem freios nas quatro rodas. QUE ROCHADAMUS POSSA ERRAR TODAS AS SUA PREVISÕES ou pelo menos a maioria. Sabemos que é muito difícil, mas vamos torcer. A esperança é a última que morre! Que Todos os Santos, Anjos, Querubins e Serafins nos ajudem e iluminem o cérebro e o coração de PCC (Paulo Carneiro Campeão) para que ele cumpra o que prometeu (sic) e leve o nosso amado Vitória de volta à elite do futebol brasileiro, ainda neste ano. Que o Nosso Senhor do Bonfim nos abençoe!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Alexi Portela: o profeta.

Olá amigos rubro-negros!

Quando você pensa que já chegou no fundo do poço, eis que constata que o buraco é mais embaixo!

Estou para escrever este texto, com esse título, há algumas semanas, mas fui adiando, esperando que saísse algum coelho da cartola do “mito e seus gestores adestrados ou amestrados” (qualquer semelhança com “João Penca e seus Miquinhos Amestrados” não terá sido mera coincidência).

Em 19/02, publiquei o texto “Já chegamos no fundo do poço?”, quando escrevi e fiz um link sobre uma entrevista que ALEXI PORTELA: O PROFETA concedeu a José Eduardo, em 14/02/2019, Jornal Bahia no Ar, e disse que “com esse presidente que está aí (Ricardo David lero-lero), o Vitória ainda não chegou ao fundo do poço”. Agora, eu e toda a torcida rubro-negra perguntamos ao profeta: e agora José, já chegamos ao fundo do poço?

O que o “mito e seus gestores amestrados” já fizeram nesses quarenta dias? Apresentaram um planejamento de curto, médio e longo prazos? As suas contratações alteraram (para melhor) o nível do sofrível elenco herdado do acéfalo e lero-lero? Os gestores adestrados com suas brilhantes mentes irão ajudar o mito? Quando começarão? São tantas as perguntas e expectativas do infeliz e enganado sofredor rubro-negro…

Assim como Alexi Portela, o profeta, Rochadamus também fez e faz as suas previsões. Elas são tão óbvias que qualquer ser, com um mínimo de bom senso, as fará. Antes do jogo contra o Atlético de Goiás, previ para alguns amigos e colegas de trabalho que o NOSSO OUTRORA GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA, com esse elenco e treinador que aí estão, iria conquistar somente um (01) ponto nos seus próximos três jogos (Atlético Goianiense, Bragantino e Sport Recife). Torci e continuarei torcendo para estar errado. Falta somente o jogo contra o Sport (08/06, 20h30, Ilha do Retiro, em Recife). Depois vem o Oeste-SP, 11/06, 20h30, Arena Barueri).

Após esses jogos, haverá uma parada para A COPA AMÉRICA, quando os diversos participantes terão trinta dias para requalificar e ajustar seus elencos e forma de jogar. O pior de tudo é que hoje poderemos ficar na lanterna da competição, bastando o América-MG ganhar para o Coritiba (03/06, 20h30, Estádio Independência, Belo Horizonte-MG). Aí volto a perguntar ao profeta: seria a lanterna o fundo do poço? Aguardemos as cenas dos próximos capítulos!

Afinal de contas sêo minino quem é ou são os culpados disso tudo? Uma coisa temos absoluta certeza: não foi, não é e nunca será o SOFRIDO E ENGANADO TORCEDOR. Coitados de nós!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

O SMV e o seu “museu de grandes novidades”. (*)

Olá amigos rubro-negros!

No momento atual da economia associativa, quem entende de gestão e futebol, ao redor do mundo, está discutindo: multiníveis; soccertechs; moeda própria; cash back; fintechs de afinidade; aceleradoras; multibenefícios; clubes de assinatura; etc., etc., etc.

No momento em que se anuncia, para o futuro próximo destes programas, a “era pós torcedor”, onde o mesmo, não obstante seu papel nuclear, não será mais o único alvo, libertando esta importante fonte de receita da dependência, exclusiva e arriscada, dos resultados de campo, movida pela paixão dos aficionados “de arquibancada”, apenas.

Esperava, sinceramente, que fosse apresentado, na primeira semana da nova gestão do ECV, um projeto integrado, com prazos, estratégias e responsáveis, para fazer uma revolução “fora da caixinha” no SMV – Sou Mais Vitória. Ledo engano!

Fazendo o mesmo de sempre, como a atual direção provavelmente vai fazer, já que sequer acenou com *nada de disruptivo*, depois que “sentou na cadeira”. Contando apenas com arrancadas pontuais e “bolas dentro” do time. “Empacaremos”, no máximo, no patamar histórico de pico que não passará de 20 mil sócios (como na final da Copa do Brasil 2010), NUNCA. E estou sendo excessivamente otimista.

Para avançar com sustentabilidade além deste patamar (ainda distante dos quase 12 mil atuais), seria necessário um conjunto de ações e estratégias, completamente “fora do convencional”. Estratégias estas, que a diretoria já mostrou desconhecer, “no arriar das malas”, assim como as anteriores.

Anotem o que, com tristeza, vos digo hoje…

Mantida esta linha do “vamos que vamos”, sem nada acrescentar de disruptivo, escalável e exponencial, *não esperemos muita coisa do SMV, além de “soluços” eventuais, conforme resultados pontuais de campo*, cada vez mais escassos, devido a este ciclo vicioso de “mais do mesmo”.

Dado o perfil dos grupos que se enfrentaram nas eleições, não esperava muito deste novo ciclo, confesso. Mas, o pouco que esperava quanto ao “business plan” a ser comunicado e implementado, em seus primeiros passos, logo após as eleições, era muito mais que este “museu de grandes novidades” que presenciamos. E isto não tem nada a ver com dinheiro em caixa.

Só falta o Vitória manter “o velho chute a gol” no intervalo dos jogos.

E, por favor, que ninguém continue culpando ou “dando pito” no TORCEDOR. Ele é, ao mesmo tempo, CLIENTE e VÍTIMA. Nunca culpado ou algoz.

Ainda há tempo de corrigir os rumos e salvar o clube, desde que não se continue “cozinhando o mesmo feijão com arroz de sempre e esperando uma lagosta ao molho thermidor, como produto final, à mesa rubro negra”.

Na torcida sempre! VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

*Rodrigo Santos: Ph.D. Professor e Consultor em Gestão Esportiva; Empreendedor; Sócio Torcedor e Ex-Conselheiro do Esporte Clube Vitória.

Ser ou não ser gestor, eis a questão!

Olá amigos rubro-negros!

Depois de um longo e tenebroso inverno (treze jogos – três meses), finalmente e graças a um menino da base, o NOSSO OUTRORA GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA voltou a ganhar uma partida – a primeira pela série “B” 2019, depois de ter perdido, na estreia, de 3 X 1 para o Botafogo de Ribeirão Preto-SP. Foi, literalmente, para lavar a alma, dentro do nosso SANTUÁRIO, aos quarenta e cinco (45) minutos do segundo tempo, depois de ter começado perdendo, que aconteceu a virada (2 X 1) frente ao Vila Nova de Goiás, com dois gols do garoto Ruan Levine, sob uma chuva de bênçãos e alegria. Um dilúvio de emoções!

E essa vitória foi fruto do acaso ou mérito do recém eleito gestor (Paulo Carneiro – PC)? Ser ou não ser gestor, eis a questão! Qualquer um que sucedesse os anteriores faria alguma coisa melhor do que o que vinha sendo feito – NADA DE BOM FOI FEITO ANTES. Bastaria ter um pouco de conhecimento do mundo futebolístico, saber que a bola é redonda e que não entra por acaso. Como diz o nobre colega da Sefaz Roberval, “qualquer coisa é melhor que nada”.

Cada gestor tem a sua forma de ser e de gerir. Isto se for gestor. Não foi o caso dos dois últimos remendos que caíram no Barradão, pois de futebol não entendiam nada e, portanto, fizeram valer, para o sucesso de PC, aquele velho ditado que “em terra de cego quem tem um olho é rei”.

Claro que PC teve e tem seus méritos quanto a essa aguardada e sofrida vitória sobre o Vila Nova. Primeiro, mandou embora uma grande quantidade daqueles remendos de jogadores; e, depois, foi a campo pedir (exigir, pois ele não é de pedir nada) raça, determinação e sangue no olho, pois, só assim, esse elenco ruim poderia fazer alguma coisa. Da mesma forma, após a vitória, foi a campo vibrar com a torcida e os jogadores. Mudança de ares e comando. Todos vocês sabem que não morro de amores por ele, mas não podemos deixar de “dar a César o que é de César”.

Sabemos que muita coisa ainda precisa ser feita no nosso amado ECV, seja quanto a um novo planejamento para o futebol, em especial quanto a requalificação do elenco, seja quanto, e principalmente, a recuperação da alta estima e credibilidade do torcedor. Enfim, precisa de uma reformulação total para o nosso Santuário voltar a ser um caldeirão temido por qualquer adversário. Que tudo dê certo e possamos retornar a elite do futebol brasileiro.

E a pergunta que não quer calar: quem foi o grande responsável pela escolha desses dois últimos e horrorosos gestores? Nós, sócios torcedores que elegemos Ivã de Almeida e Sinval Vieira em 2016 (esses não me enganaram) e Ricardo David e Chico Sales no final de 2017. Fomos enganados pelo acéfalo e pelo lero-lero, além de ter sido eleito o pior Conselho Deliberativo da história do clube. Gato escaldado tem medo de água fria.

Eles e suas perdulárias e ineficientes equipes foram os grandes cabos eleitorais e responsáveis pela volta do lobo em pele de carneiro. E isso foi ruim para o Vitória? Só o tempo dirá. Uma coisa temos certeza: pior do que estava não vai ficar. Assim falou Rochadamus! Ser gestor de futebol não é para amadores, cheios de psicopatias, travestidos de boa prosa, lero-lero…

Às vezes é melhor ser autêntico, mesmo que não politicamente correto. Ser gestor, principalmente no mundo do futebol, é ser líder, é entender do metiê, é ter expertise específica, enfim é ser transparente e amar verdadeiramente o Vitória, colocando os interesses do clube acima dos pessoais (aí é que mora o problema – tá difícil!).

Precisamos nos proteger contra candidatos de ocasião, sem história no clube e sem experiência. Melhorias/alterações no estatuto precisam ser feitas, tornando-o verdadeiramente democrático e preventivo contra aventureiros de paraquedas.

Os dois grandes objetivos deste ano são: não cair e, se Deus nos ajudar, subir para a primeira divisão. Oremos!!!

Sejamos todos atuantes e vigilantes para que não aconteça mais o que aconteceu com os dois últimos remendos de gestores que tivemos. TORCEDOR, FIQUE DE OLHO!!!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Plagiando Tiririca: “pior não fica”.

Olá amigos rubro-negros!

Como disse no meu último texto, infelizmente, nessas eleições antecipadas, teríamos que escolher entre o ruim e o pior para comandar os destinos do NOSSO OUTRORA GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA para os próximos três anos e meio. E, com uma certeza, plagiando Tiririca: “pior não fica”.

Qualquer um que concorresse e ganhasse, e tivesse o mínimo de expertise em futebol, que foi o caso de Paulo Carneiro e Raimundo Viana, seria infinitamente melhor que os dois últimos remendos de presidente que tivemos: um acéfalo e outro lero-lero. E o que eles tinham em comum? Dois enganadores!

Mas, como diz o provérbio português, “não há bem que dure pra sempre e nem mal que nunca se acabe”, eu e toda a sofrida NAÇÃO RUBRO-NEGRA esperamos, oramos e torcemos para que, desta vez, tenhamos chegado ao fundo do poço, pois a herança maldita deixada pelos amadores, inexperientes e reprováveis últimos gestores ainda vai fazer a gente sofrer um bocado.

Constatamos isso no sábado (27/04), quando fomos derrotados (3 X 1) pelo Botafogo de Ribeirão Preto-SP, no jogo de abertura da série “B” do campeonato brasileiro 2019. Elenco horroroso que, caso não seja requalificado, nos faz vislumbrar uma queda para a série “C” – que o Nosso Bom Deus nos ajude!

Participei e participo de diversos GRUPOS DE WHATSAPP que congregam centenas de torcedores e sócios torcedores das mais variadas vertentes, porém com uma coisa em comum: todos padecem da falta de um núcleo estratégico que coordene as ações e tenham objetivos claros e bem definidos. Infelizmente, acabam sendo um grupo ou grupos de amigos rubro-negros (amantes, amadores e carentes).

O que eu acho pior em tudo isso é que não aparece nenhum novo candidato qualificado, verdadeiro líder. E aí vem a pergunta que não quer calar: porque não aparece? Não temos torcedores-gestores qualificados para tal? Ou é o sistema de escolha (estatuto) que inibe? Como resposta preliminar, diria que é um pouco de cada, ou de tudo. Procurarei melhor esclarecer.

Algumas coisas fundamentais e estruturantes precisam ser modificadas no estatuto. Primeiro é que não podemos permitir que o mesmo grupo concorra aos três Conselhos (Diretor, Deliberativo e Fiscal), pois isto compromete toda a independência no cumprimento das suas obrigações estatutárias. Por exemplo, para o Conselho Fiscal poderia se admitir a inscrição e eleição individualizada dos seus membros, exigindo qualificação (expertise) para tal (contadores, economistas, administradores, advogados…). Outro aspecto é que somente poderia ocupar a presidência de qualquer um dos conselhos o sócio torcedor que já tivesse exercido ao menos um mandato como CONSELHEIRO e outras qualificações específicas, evitando, assim, que aparecessem candidatos desqualificados e aventureiros que só fazem envergonhar a todos nós.

Outros pontos precisam ser melhorados e objetivados no estatuto, o que faremos na época oportuna, porém algumas coisas têm que ser norteadoras, quais sejam: i) o torcedor é o maior patrimônio do clube, razão da sua existência; ii) os interesses do CLUBE deverão estar acima dos interesses individuais; iii) o Vitória não precisa de quem precisa do Vitória; e iv) a boa comunicação com a imprensa e torcedores, a transparência e a DEMOCRACIA são valores inalienáveis.

Que possamos viver dias melhores e que a união e o AMOR possam fazer o VITÓRIA 100% e GIGANTE!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Eleição ECVITORIA 55. 555. 5555.

Não podemos errar novamente.

Olá amigos rubro-negros!

Será que enterraram uma cabeça de burro (jumento ou os dois) no Barradão? Os nossos últimos dirigentes foram horrorosos. Cada um pior que o outro. Não sabemos mais onde é o fundo do poço. Felizmente a Assembleia Geral desse último domingo (31/03/2019) aprovou as devidas alterações (disposições transitórias) no Estatuto Social do ECVitória com a antecipação das eleições gerais para este mês de abril (dia 24, para o primeiro turno) e, caso haja segundo turno, em maio (dia 01). Não podemos errar novamente.

Em 12/03/2013, escrevi e postei o texto “O que esperar de um candidato à presidência do ECVITÓRIA”; em 02/06/2014, fiz o mesmo para “O perfil de um bom gestor”; e em 18/05/2018, o fiz para “Se eu fosse o presidente…”. Além desses textos, escrevi e postei outros que trataram das qualidades que um VERDADEIRO LÍDER (e gestor) deve possuir, principalmente a humildade em reconhecer que não poderá fazer nada sem uma boa equipe e a sabedoria para ouvir e o fazer acontecer, valorizando a todos. A bola não entra por acaso. Estamos cansados de dizer isto.

Estou trazendo esses textos à tona para nortearem este de hoje (03/04/2019), quando todos nós rubro-negros voltamos as nossas atenções e preocupações para mais um processo de escolha dos nossos Conselheiros e Dirigentes. É preciso ser consciente, coerente e, principalmente, responsável na escolha desses nossos futuros representantes e gestores. Sugiro que cliquem nos links acima, em especial no “O perfil de um bom gestor”, onde apresentamos uma lista com catorze qualidades (pontos fundamentais) que um bom gestor deve possuir.

Sabemos que temos um grande problema pela frente, pois será muito difícil escolher, mais uma vez, entre o ruim e o pior. Infelizmente não apareceu nos últimos tempos nenhum sócio torcedor que se mostrasse um GRANDE LIDER e/ou VERDADEIRO GESTOR para o nosso OUTRORA GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA. Pelo contrário, só tem aparecido enganadores, amadores e incompetentes. Não suportaremos mais outro (s) erro (s). Estamos descendo a ladeira sem freio e há muito tempo.

Tivemos os piores Conselhos Diretor e Deliberativo dos últimos tempos. Não podemos ficar tendo eleições de ano em ano ou a cada fracasso desses enganadores incompetentes. Quero deixar claro aqui que isso não é culpa da DEMOCRACIA e sim das nossas escolhas. Devemos ter muito cuidado com OS LOBOS EM PELE DE CARNEIRO, assim como com aqueles pseudos salvadores da pátria…

O momento agora é de muita reflexão e união. É preciso deixar de lado os interesses e vaidades pessoais e agir para tirar o nosso VITÓRIA dessa situação vexatória. Não podemos errar novamente!!!

Se você é um líder, prove, tenha humildade, coloque os interesses do NOSSO AMADO ECVITÓRIA ACIMA DOS SEUS!

Assim que aparecerem os candidatos e as chapas forem inscritas, farei os meus comentários sobre cada um, lembrando que teremos que votar separadamente para a escolha dos CONSELHOS DELIBERATIVO, FISCAL E DIRETOR.

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

%d blogueiros gostam disto: