Arquivo mensal: janeiro 2014

Falar é fácil…

Olá amigos rubro-negros!

Ainda bem que a maioria dos grandes clubes brasileiros está reclamando do pouco tempo de pré-temporada, tendo resultados pífios neste início de ano. Com o nosso Glorioso Vitória não está sendo diferente. Ontem (26/01), na cidade de Estância, conseguimos empatar em 2 X 2 com o Sergipe, depois de estar atrás do placar por duas vezes. Foi terrível, angustiante e, ao mesmo tempo, um grande alívio quando igualamos o marcador nos últimos minutos da partida. Culpa do gramado? Culpa do pouco tempo de preparação? Já não podemos afirmar, pois continuamos com os mesmos problemas na zaga e na falta de um meia armador e um atacante de referência. Esperamos que o time comece a convencer no jogo de volta, contra o mesmo Sergipe, em Pituaçu, às dezenove horas desta quarta-feira (29/01).

Acabei de ler o artigo do Presidente Carlos Falcão – O desafio de presidir o Clube mais valioso do Norte-Nordeste (http://www.ecvitorianoticias.com/2014/01/o-desafio-de-presidir-o-clube-mais.html), onde ele faz uma narrativa da sua trajetória de 2006 até hoje, como estava o Vitória e como se encontra hoje, além do que se pretende. Tudo isso nos levou a uma série de reflexões.

Talvez a mais importante seja de como é difícil fazer acontecer, pois falar é fácil. Todos os dias lemos nos diversos blogs e outras canais que acompanham o Leão da Barra  uma série de comentários, sugestões e críticas das mais variadas, desde as mais técnicas e rebuscadas, àquelas mais duras e passionais. Acho todas importantes, pois retratam o perfil do nosso torcedor, o qual deve ser respeitado, mesmo quando ele não respeita o seu direito de dizer o que pensa. Como dizia Voltaire: “Posso não concordar com nada que você diz, mas defenderei seu direito de dizê-lo até a morte”.

A dificuldade financeira que enfrentam os clubes de futebol profissional do Norte-Nordeste em relação aos clubes do Sul-Sudeste, aliado à complexidade da sua gestão, faz com que os gestores (falo dos bons, honestos e responsáveis gestores) tenham que tirar leite de pedra para poderem competir de igual para igual com “los otros”. Responsabilidade Gerencial e Financeira, também chamado de política de pés no chão, são fundamentais para quem quer ter credibilidade e ser respeitado. Deve-se gerir o que é dos outros com mais responsabilidade do que se fosse seu. O problema é que a cultura brasileira (vide exemplo dos políticos que usam e abusam dos reursos públicos – e o pior é que aceitamos – lá ele) leva a maioria a achar que as coisas são fáceis, bastando falar, querer que acontece, como num passe de mágica.

Falar é fácil, fazer acontecer é que são elas. Quem não gostaria que tivéssemos uma ARENA MULTIUSO NA PARALELA? Todos nós. Como conseguir setecentos milhões de Reais (R$ 700.000.000,00)? Dê-nos a fórmula para conseguir o terreno e os recursos que com certeza a Diretoria e Conselheiros irão agradecer e muito. Normalmente quem tem essas ideias nem é sócio do Sou Mais Vitória, não vai ao estádio, seja qual for, às vezes nem sabemos quem é, pois escreve anonimamente ou com pseudônimo. Falar é fácil… Só a vontade, só a ideia não basta.

Cada um pensa, fala, escreve, tem as suas convicções a partir das suas conveniências e seu ângulo de visão. Uma visão angular. Precisamos ampliar essa visão, torná-la multifocal. Nem sempre o melhor para uma pessoa/torcedor é o melhor para o ECVITÓRIA.

O Vitória tem um orçamento líquido para 2014 na ordem de sessenta milhões, enquanto os grandes clubes do sul-sudeste têm cinco vezes ou mais. Precisamos ampliar o número de sócios.

Associe-se. Ajude o CLUBE DO SEU CORAÇÃO. A bola não entra por acaso.

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Anúncios

Fotos do Almoço com o Presidente.

Almoço com o Presidente.

Olá amigos rubro-negros!

Participamos, hoje (24/01), com um grupo de torcedores do Glorioso Esporte Clube Vitória, de um almoço, na Churrascaria Sal & Brasa, com o Presidente Carlos Falcão (vejam fotos). Foi um momento ímpar, onde pudemos ouvi-lo e questioná-lo sobre uma série de coisas envolvendo, principalmente, o planejamento e ações pertinentes ao futebol profissional para este ano, além, é claro, da polêmica (para alguns poucos desinformados) Barradão X Arena Fonte Nova.

Foi um encontro descontraído, onde pudemos conhecer mais um pouco do nosso Presidente, o qual transmitiu confiança, segurança e tranquilidade sobre os diversos problemas que envolvem um grande clube como o nosso VITÓRIA.

Ele confirmou que continua buscando mais um atacante e um meia armador, inclusive dando detalhes sobre as diversas contratações feitas até agora e revelando alguns problemas de bastidores envolvendo outros jogadores que não foram contratados. Em outra oportunidade, darei mais detalhes.

O ponto mais importante desse almoço foi a oportunidade criada para que nós torcedores desmistifiquemos o FALCÃO, uma pessoa simples e comunicativa, demonstrando um conjunto de qualidades: sincero, caráter irretocável, não deixa ninguém sem resposta, além do fino trato com todos. Que continue assim, pois a torcida rubro-negra é exigente e de alto nível.

Para Carlos Falcão, “todos nós precisamos trabalhar em prol do aumento do número de associados do Sou Mais Vitória, saindo dos históricos nove mil, para ultrapassarmos a casa dos vinte mil sócios”. Será um trabalho árduo para as Diretorias de Marketing e Social. “Temos que buscar os recursos de todas as formas possíveis para termos um elenco e um time cada vez mais competitivo e vencedor”, ressaltou Falcão. Ele informou também que uma equipe de Conselheiros, da qual eu participo, desenvolverá um trabalho buscando ampliar a quantidade de associados no interior do Estado.

Outro ponto abordado foi quanto à utilização do Estádio de Pituaçu enquanto o Barradão estiver em reforma. Ele declarou que poderão ser feito alguns jogos também na Arena Fonte Nova, especialmente se for vantajoso para o Clube.

Pois é meus amigos, ficamos muito contentes com o que se pretende para o LEÃO DA BARRA neste ano. Esperamos VITÓRIAS E TÍTULOS.

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Não sei o que escrever.

Olá amigos rubro-negros!

Falei em planejamento, falhou neste início – ainda bem que é início. Falei em confiança, continuo tendo. Falei em tempo, vamos dar tempo ao tempo – não todo tempo. E que possamos aprender com os nossos erros.

É início de temporada, tudo pode acontecer, blá, blá, blá… Porque não acontecer o melhor? Porque não golearmos ao invés de sermos? Todos estão em pré-temporada. Todos tiveram que enfrentar os mesmos problemas: preparação física, contratação, montagem de time…

Perguntaram-me o que eu ia escrever? Respondi: não sei o que escrever, AINDA. Devo falar sobre o que não foi contratado: zagueiros, armador, atacante. Devo falar sobre as improvisações: Juan, Zen & Cia. Devo falar sobre as máximas do dito popular: jogo é jogado e lambari é pescado; são onze (dez) contra onze; vamos falar menos e jogar (se preparar) mais; jogo se ganha em campo, jogando com vontade, raça, determinação, estratégia e humildade; não adianta chorar sobre o leite derramado; levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima…

Perdemos uma ótima oportunidade de dizermos nesta segunda-feira: chupa sardinhas!!!

Esperamos que alguns dos erros cometidos nesse jogo, em que perdemos de 3 X 0 para o América de Natal, em pleno Barradão, na tarde/noite desse domingo (19/01), nos façam mais humildes, mais determinados e menos improvisadores para o próximo jogo desta quarta-feira (22/01 – 21:15 horas), contra o Confiança-SE (perdeu ontem para o Sergipe por 2 X 1), no Estádio Fernando França – capacidade para cinco mil torcedores, na cidade de Carmópolis-SE, distante quarenta e oito (48) quilômetros de Aracaju.

Se tivéssemos que escolher um jogo para perder nesta Copa do Nordeste, escolheríamos justamente esse primeiro contra o América-RN, pois assim acordaríamos, esqueceríamos o que foi feito no ano passado e começaríamos a escrever a história/trajetória de 2014. Ninguém vive de passado. Ele só serve para definirmos o planejamento e estratégias para os objetivos do presente/futuro. Como dissemos, o jogo se ganha jogando e mesmo assim com muita vontade e sangue no olho, pois todos estão procurando o seu lugar ao sol e este é dado de acordo com o merecimento. Façamos por merecê-lo! Foi só o primeiro jogo. Foi só o início de uma temporada.

Demos (quase nove mil torcedores) um até logo decepcionante ao nosso Santuário – O BARRADÃO.

Que o retorno seja repleto de VITÓRIAS GLORIOSAS!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Planejamento e confiança.

Olá amigos rubro-negros!

Alguns torcedores estão em polvorosa com a ida de Maxi Biancucchi para o time de Itinga, culpando a Diretoria do VITÓRIA por não ter renovado o seu contrato, mesmo sabendo que isso poderia acarretar um desequilíbrio na harmonia do elenco e também nas finanças do clube através do seu efeito cascata.

Não tendo procuração ou querendo defender ninguém, vamos juntos responder a alguns questionamentos: 1) Quem era e é mais importante para o time – Escudero ou Maxi ? Claro que foi e é Escudero; 2) Se você estivesse na Diretoria do ECVitória, quem você contrataria/renovaria? Claro que seria Escudero; 3) Pelo time que quase chegou à Libertadores, quem foi mais importante? Claro que foi Escudero; 4) Quem Ney Franco indicaria/indicou como imprescindível para a montagem do elenco e que a Diretoria não poupou esforços para contratar/renovar? Claro que foi Escudero, pois Maxi passou quase todo o segundo turno contundido e Ney optou e deu todas as oportunidades a Marquinhos que desempenhou relativamente bem o seu papel.

Portanto, nobres colegas de infortúnio, vamos confiar nos nossos dirigentes, dando tempo ao tempo e não indo na onda dessa imprensa “marronzista”. Quero deixar claro que não desconheço as qualidades de Maxi, tendo inclusive já escrito um texto especialmente para ele “Como surge um ídolo”. Continuo gostando do seu futebol, mas a vida é mesmo assim…

Na última reunião do Conselho Deliberativo do ano passado, foram apresentados o Orçamento e Planejamento do Vitória para este ano de 2014, com foco especial no futebol profissional. Nele foi estipulado um gasto mensal com a folha até o mês de abril com um valor; de maio a julho com um acréscimo “X”/mês; e de agosto a dezembro com um novo acréscimo de 2”X”/mês. Tudo isso contemplando novas contratações. Portanto, devemos ter confiança no que foi planejado e aguardar que serão contratados os reforços necessários para termos uma temporada melhor que a de 2013.

O VITÓRIA É GRANDE, O VITÓRIA TEM ESTRUTURA!

Esses e outros detalhes foram fundamentais para Ney Franco recusar convites de clubes do sul/sudeste e permanecer conosco. Ele foi um dos grandes responsáveis por brigarmos por uma vaga na Libertadores. Ele sabe trabalhar com os garotos da base e vai aproveitar muitos deles no time principal. É ou não é muito melhor usar alguns garotos da base que ficar trazendo qualquer “bolacha quebrada”?

Os grandes clubes do Brasil estão seguindo a política adotada pelos nossos dirigentes: tendo cautela para não contratar qualquer um e depois se arrepender. Como estamos cansados de saber, a maioria dos empresários não são nada éticos. Estão fazendo verdadeiros leilões, supervalorizando seus jogadores. Vejam o caso de Maxi. Quem apareceu para contratá-lo? Vasco e o time de Itinga. De onde eles tirarão o dinheiro, ninguém sabe. Vamos nos orgulhar dos gestores rubro-negros pelo que fizeram nesses últimos seis anos. Poderia ter sido melhor? Sempre poderá. Claro que não devemos deixar de cobrar boas contratações e, principalmente, MAIS DEMOCRACIA, MAIS TRANSPARÊNCIA E MUDANÇAS VANGUARDISTAS. A bola não entra por acaso.

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Feliz 2014 ECVITÓRIA!

Olá amigos rubro-negros!

Iniciou-se a era do Falcão. Começamos um ano novo com uma boa base, tanto na gestão quanto no futebol. Estamos num patamar que só tende a crescer. Será um ano de realizações e solidificação. Temos um bom técnico e uma boa equipe. É um ano de esperança. É um ano de conquista. Vislumbramos tudo isso.

Começaram os preparativos para o ano futebolístico. Ontem (06/01) os jogadores se reapresentaram. É o início da temporada 2014 que tem o primeiro jogo para o ECVITÓRIA no próximo dia dezenove (19) de janeiro (um domingo à tarde – 16 horas) contra o América de Natal pela Copa do Nordeste. Segundo o nosso Presidente Carlos Falcão, esse jogo deverá ser ainda no Barradão, pois, logo depois, o nosso Santuário será entregue à FIFA para melhorias no gramado e outras coisas mais. A partir daí, os jogos do Vitória deverão ser em Pituaçu e/ou Arena Fonte Nova.

Nessas férias continuamos acompanhando as notícias relacionadas ao nosso LEÃO e ficamos bastante contentes com a forma como a diretoria tem conduzido as contratações. Renovou com Escudeiro, o que era imprescindível para a formação de um bom time, não poupando esforços para tal e tendo a devida paciência para novas contratações e renovações.

Ney Franco já provou que sabe trabalhar com os garotos da base e nós sabemos que temos uma boa base – uma das melhores do Brasil. Portanto, muita calma nessa hora. É melhor contratar pouco, porém com qualidade e de forma pontual.

E o que esperamos para 2014? Esperamos trabalho, muito trabalho. Esperamos planejamento. Esperamos estratégia. Esperamos disciplina. Esperamos liderança. Esperamos espírito de equipe, união e muita vontade de vencer. Se tivermos tudo isto, com certeza teremos sucesso e títulos.

A busca pelo bicampeonato baiano e a conquista da Copa do Nordeste deverão ser os nossos primeiros objetivos. Formar um time competitivo e vencedor, temos certeza que a diretoria não poupará esforços.

Com certeza 2014 será um ano repleto de VITÓRIAS.

FELIZ 2014 PARA TODOS NÓS RUBRO-NEGROS!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Feliz 2014 aos amigos rubro-negros baianos!

feliz-2014-23

Aguardem o nosso primeiro artigo do ano ainda hoje.

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Saudações Rubro-negras

%d blogueiros gostam disto: