Sangue no olho.

Olá amigos rubro-negros!

Nestes últimos dias, alguns torcedores e amigos têm procurado saber a minha opinião sobre a diferença do desempenho 2013 x 2014 do time do ECVitória/era Ney Franco, uma vez que o elenco (boa parte dele) é praticamente o mesmo. Respondi-lhes: “SANGUE NO OLHO”.

Quando Ney assumiu o comando técnico, o time estava descendo a ladeira, motivo da saída de Caio Junior, que teve 43,14% de aproveitamento no Brasileirão, sendo 66,67% em casa e 16,67% fora de casa. Com a chegada do novo técnico, os jogadores foram motivados pela sabedoria e liderança de Ney Franco, que acabou o Campeonato com um desempenho de 58,73%,sendo 70% em casa e 48,48% fora de casa – vide link com as estatísticas 2013: (http://www.ecvitorianoticias.com/2013/01/estatisticas-do-ec-vitoria-em-2013.html).

O diferencial foi um novo padrão de jogo: jogar pra frente sem medo de ser feliz, fosse o jogo dentro ou fora de casa. E, a cada jogo, víamos um grupo determinado a buscar o resultado positivo, contagiando a torcida que contagiava os jogadores, criando uma verdadeira simbiose, uma sinergia. Era visível a vontade de vencer, a raça, a determinação, o espírito coletivo, a harmonia do grupo, o SANGUE NO OLHO.

Alguns jogadores ainda estão em 2014 com a cabeça em 2013, vivendo de passado. Sabemos que no futebol você tem que combater e vencer o Bom Combate a cada partida. Os louros do passado só devem servir para motivar e não para se achar o bam-bam-bam. É preciso construir a história de 2014. É uma nova realidade, onde Dirigentes, Conselheiros, Comissão Técnica, Jogadores e torcedores devem fazer a parte que lhes cabe no latifúndio.

Temos que ter a consciência que para ser melhor ou igual ao que foi feito em 2013, serão necessários muito planejamento, estratégia e, principalmente, muita ação e em tempo hábil. Já saímos da Copa do Nordeste – estamos virando fregueses do Ceará, o que não dá para acreditar (até rimou!).

Estão chegando a Copa do Brasil, o Brasileirão e Sul Americana e ainda não se tem um time que transmita confiança ao torcedor, complicado ainda mais com a contusão de Escudero. Manteve-se a base de 2013, porém demorou-se muito para trazer os reforços necessários. O tempo pode ser aliado ou inimigo, depende de como ele é usado. Tenhamos sabedoria para tê-lo como aliado. Copa do Nordeste e Baianinho não são referência para as grandes competições nacionais e internacionais

Todos nós sempre queremos mais. Agora Baianinho é mais que obrigação.

Que Hugo, Souza e as próximas contratações possam dar mais qualidade ao elenco do LEÃO neste 2014.

Jogadores, Comissão Técnica e Dirigentes, todos e nós torcedores, precisamos ter SANGUE NO OLHO para que este ano seja melhor para o LEÃO DA BARRA .

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Anúncios

Sobre rocharubronegro

Apenas um rubro negro apaixonado.

Publicado em março 13, 2014, em Rocha. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: