Quando seremos grandes?

Olá amigos rubro-negros!

O meu, o seu, o nosso questionamento, o nosso sonho é um só: quando teremos um ECVitória grande, transparente e democrático?

Espero conseguir responder esta pergunta, ou pelo menos contextualizar o meu ponto de vista, abrangendo os diversos aspectos e ângulos, de forma que sirva de base para que pensadores e vanguardistas possam se unir num só objetivo, numa corrente para a construção desse sonho coletivo.

Antes da minha pretensa contextualização, gostaria de citar um provérbio chinês (algumas fontes atribuem a autoria a Platão, outras a Sócrates, Dick Corrigan…): "O medíocre fala de pessoas, o comum fala de fatos e o sábio fala de ideias."

O motivo de citar este provérbio é para definir uma coisa muito importante e que faz parte da minha vida: eu não participo de nenhum grupo ou corrente que se junta para ficar contra uma pessoa ou coisa. Tenho e terei o maior prazer de participar de grupos de pensadores, de pessoas que buscam soluções, discutem ideias e grandes projetos. Por isto é que venho aqui propor a criação de um grande grupo de pessoas brilhantes que querem participar da construção de um ECVITÓRIA GRANDE, TRANSPARENTE E DEMOCRÁTICO. Já o fiz ou tentei fazê-lo algumas vezes. Não me cansarei em procurar realizar esse GRANDE SONHO. Não penso pequeno. Não penso nessa ou naquela pessoa. Não penso nesse ou naquele pequeno ou retrógrado dirigente. Não penso nesse ou naquele conselheiro de ocasião. PENSO NAQUELES SONHADORES, ABNEGADOS E APAIXONADOS PELO GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA que esperam, um dia, ter dirigentes eleitos por todos, com a verdadeira representatividade da NAÇÃO RUBRO-NEGRA e que defenda e trabalhe por um PROJETO DO CLUBE e não por conveniência ou projeto pessoal do “farinha pouca meu pirão primeiro”.

Estive no Barradão nessa quarta-feira (06/07), para assistir o jogo do ECVitória 1 X 2 Cruzeiro, pela terceira fase da Copa do Brasil. Antes do jogo, dei uma passada na “Passarela do Álcool” para confabular (e bebericar) com os amigos. O pensamento reinante era de que os nossos dirigentes são muito lerdos para contratar e que estávamos perdendo uma oportunidade de ouro de termos um bom elenco para conquistar um título nacional. O momento era esse. Era, infelizmente.

Todos sabemos que a Copa do Brasil é o torneio mais fácil de se conquistar com um elenco razoável. O problema é que os nossos dirigentes não pensam assim e perdemos essa oportunidade, pois se já estava difícil vencer o Cruzeiro dentro de casa, como assim o foi, imaginem no Mineirão e por uma diferença de dois gols. Como eu sou um torcedor apaixonado, vou continuar acreditando num MILAGRE, pois o Vitória gosta de contrariar tudo e todos.

Pois é meus amigos de infortúnio, a hora era essa, a hora já passou para a Copa do Brasil e a hora está para passar para o Campeonato Brasileiro de 2016. Todos nós sabemos das carências do nosso elenco, das limitações dos que aí estão e das posições que precisam de jogadores de qualidade. Não me canso de citar o PENSADOR Evaristo de Macedo (rsrsrs): é muito difícil você olhar para o banco de reservas e constatar que não tem nenhum jogador que possa mudar o panorama do jogo, por isso é que não se deve manter jogador ruim no elenco, pois um dia você vai precisar dele e vai ficar na mão.

Que possamos vencer o Fluminense no próximo domingo (10/07 – 19h30 no Barradão) e assim respirar um pouco e se distanciar do Z4.

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Anúncios

Sobre rocharubronegro

Apenas um rubro negro apaixonado.

Publicado em julho 8, 2016, em Rocha. Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. O Vitória será grande no dia em que acabar o pequi de Goiás. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Em parte concordo, porém quando deixar de ter alguns tipos de torcedor, será grande mais rápido

      • Cara, onde está o seu senso de humor? Você não é mais torcedor do que eu e todos nós sabemos que o ECV ultimamente, não tem dado muitas alegrias ao seu torcedor.
        Por isso, enquanto tivermos que tolerar esses “dirigentes” e esse entregador de coletes, vamos brincar com a situação, senão infartamos todos. Sem ressentimentos, OK?

  2. Rogério pessoa

    O primeiro passo é ter eleições diretas, para que possamos escolher dirigentes mais competentes. E ainda que escolhamos errado, troca-los por outros no fim do mandato. O vitória já tem estrutura de clube grande e finanças equilibradas. Precisa agora de gestão competente, que pense grande e que acredite ser possível ser o melhor do nordeste e um dos 10 a 12 melhores do Brasil. Tem que ter gente, equipe extremamente competente. E isso só se seleciona com eleições diretas, ainda que erremos algumas vezes até encontrar esse pessoal. Fui sócio muitos anos. Cansei. Só voltarei a ser sócio quando as eleições diretas estiverem sacramentadas. SDS rubro – negras.

  3. Ok, sem ressentimentos.
    Saudações rubro-negras!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: