A era PCC e a falta de planejamento no ECV.

Olá amigos rubro-negros!

Estou há algum tempo sem escrever. Este texto eu comecei a escrever em 13/09. Não publico nenhum texto desde 13/08, o último foi “Tristes e decepcionados”. Era véspera do jogo contra o Palmeiras, 19/08, no Barradão e estreia de Paulo César Carpegianni (PCC) no comando técnico do nosso outrora GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA – ECV, quando perdemos de 3 X 0. Naquela oportunidade, ficamos ainda mais tristes e decepcionados.

Pior ficou PCC que, após o jogo, fez uma declaração sobre o elenco. Mais que uma declaração, fez um diagnóstico preciso: “jogadores sem vontade”. E o que ele pensou? Com essa turma de preguiçosos o ECV não vai a lugar nenhum, ou melhor, vai direto para a segundona. E o que ele fez? Sabiamente foi buscar as joias da base, mesclando juventude e vontade com experiência e mais vontade ainda.

Conseguiu fazer o que para todos nós era improvável e impossível: fechou a zaga e o meio de campo. Deixamos de sofrer goleadas e passamos a ganhar jogos – três em quatro e um empate (dez pontos em doze disputados – 1 X 0 CAM, 1 X 0 AME, 1 X0 VAS e 0 X 0 FLU). VIVA SÃO PCC!!! Mas, como tudo que é bom dura pouco, com esse elenco limitadíssimo, ninguém consegue tirar leite de pedra indefinidamente. E aí começamos a perder (três seguidas – CEA 2 X 0, BOT 4 X 3 e INT 2 X 1).

“Primeiramente”, porque a falta de preparo psicológico e moral desses meninos fez ou faz com que o sucesso suba logo para as cabeças e comecem a ficar mascarados ou a fazer bobagens extracampo, refletindo no desempenho dentro de campo. “Segundamente”, porque PCC, assim como a maioria dos técnicos que passam ou passaram pelo ECV, têm prazo de validade e, aliado a isto, a baixa produtividade de Neilton fizeram com que a nossa sorte fosse embora (lembrando que a sorte sempre acompanha os competentes). “Terceiramente” e principalmente, A FALTA DE PLANEJAMENTO E FALTA DE ATITUDES (AÇÕES) TEMPESTIVAS E CORRETIVAS dos dirigentes LERO LERO da vida fizeram com que voltássemos a vislumbrar o pior para o nosso OUTRORA GLORIOSO ECV para este ano: NÃO GANHAMOS NADA E CORREMOS SÉRIOS RISCOS DE SERMOS REBAIXADOS PARA A SEGUNDONA!!!

Para completar tudo isso, pois todo mal para nós sofredores parece que é pouco, ainda aparecem sopradores de apito incapazes, irresponsáveis, incompetentes e, porque não dizer, larápios. Seria muito bom que vocês lessem e/ou ouvissem a declaração do Presidente do Atlético Paranaense sobre a CBF e a arbitragem.

Como vocês sabem, eu não gosto de ficar falando de um jogo ou jogador especificadamente, mas de todos os aspectos que envolvem uma gestão. E por falar em gestão, há muito tempo que o nosso CLUBE não vivencia uma que preste. Será que ele sobreviverá a mais uma? O VITÓRIA É MAIOR QUE ESSES REMENDOS DE DIRIGENTES, ELE É A SOMA DE TODOS NÓS!

Hoje à noite (01/10), com o jogo do Paraná X Vasco, em Curitiba, encerra a 27ª rodada. Podemos terminar na ZONA DE REBAIXAMENTO. Oremos para que isso não aconteça! (que vença o Paraná). Vamos à análise e às perspectivas das últimas onze rodadas. Serão seis jogos em casa (Santos – 05/10, Corinthians – 21/10, São Paulo – 27/10, Bahia – 11/11, Atlético Paranaense – 18/11 e Grêmio – 25/11) e cinco jogos fora de casa (Chapecoense – 14/10, Paraná – 04/11, Sport – 14/11, Cruzeiro – 21/11, e Palmeiras – 02/12). Serão trinta e três pontos a disputar, dezoito em casa e quinze fora. Pedreira em cima de pedreira. Mas vamos lá, pedindo a ajuda de Todos os Santos, Anjos, Querubins e Serafins, para escaparmos da segundona, temos que conquistar, no mínimo, cinquenta por cento (50%) dos pontos a disputar (de quinze a dezessete – a depender dos resultados dos nossos concorrentes).

Dos seis jogos em casa, caso ganhemos três (Santos, Bahia e Atlético Paranaense) e empatemos os outros três (Corinthians, São Paulo e Grêmio), somaríamos doze pontos. Neste caso, precisaríamos somar, pelo menos, de cinco a sete pontos fora de casa. Para isto, teríamos que, no mínimo, ganhar para a Chapecoense, o Paraná ou Sport (dois destes) e empatar outra (Cruzeiro ou Palmeiras).

Como Vimos, não será nada fácil escapar do rebaixamento, porém, com as nossas PRECES implorando a AJUDA DIVINA e muita determinação e sangue no olho desse remendo de elenco, poderemos terminar o ano na elite do futebol brasileiro. Sabemos que, se dependêssemos do PLANEJAMENTO (bando de amadores) E DA CENTRAL DE (DES) INTELIGÊNCIA, há muito tempo a vaca já teria ido pro brejo. Que SÃO PCC consiga tirar mais leite dessa pedra, se é que isso ainda é possível – OREMOS!

Na próxima sexta-feira (05/10 – 21h30) todos os caminhos nos levarão ao BARRADÃO (com rima!). É VENCER OU VENCER O SANTOS.

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Anúncios

Sobre rocharubronegro

Apenas um rubro negro apaixonado.

Publicado em outubro 1, 2018, em Rocha. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: