Qual é o problema?

Olá amigos rubro-negros!

Tudo como dantes no Quartel de Abrantes.

Nada acontecendo que já não tivesse sido dito por este simples escriba e toda a torcida do OUTRORA GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA.

Mas “Sêo Minino”, afinal QUAL É O PROBLEMA desse time do Vitória?

Em primeiro lugar devemos retificar o questionamento para QUAIS SÃO OS PROBLEMAS?

Já tinha pedido desculpas aos meus prezados leitores para o fato de estar sendo repetitivo, voltando sempre ao mesmo ponto, tendo que ficar “enchendo o saco” dos amigos com as mesmas frases de efeito, etc e tal.

Já dissemos algumas vezes, ontem, hoje e sempre, que o problema central do Vitória é PLANEJAMENTO – sua falta e a sua EXECUÇÃO TEMPESTIVA. Sem planejamento e execução idem.

Imaginem os senhores que na situação que estávamos nesse final de primeiro turno, rondando o Z4, eis que os nossos competentíssimos dirigentes nos trazem como SALVAÇÃO DA LAVOURA o reserva da grande equipe da Ponte Preta, o craque (sic) DIOGO MATEUS. Chegou e jogou. Poderíamos parar o texto por aqui, pois para bom entendedor, meia palavra basta. Da mesma forma que o pior cego é aquele que não quer ver e em terra de cego quem tem um olho é rei.

Vou repetir pela milésima e última vez o que disse Evaristo de Macedo (rsrsrs): “Não tenha jogador ruim no elenco, pois vai chegar o momento que você pode precisar dele e vai ficar na mão”. O que não falta no elenco do ECV é jogador mediano que não vai resolver nada. Temos meia dúzia de jogadores melhorzinhos e um ou dois que fazem a diferença.

No início do ano escrevi que tínhamos uma boa base para montar uma equipe competitiva, porém seriam necessárias algumas contratações acima da média. Que os dirigentes parassem com aquela velha filosofia de trazer as sobras e “bolachas quebradas” do mercado. Até acreditei em MUNDICO que nos prometeu uma grande equipe para brigar na parte alta da tabela. Acreditei porque sei que ele não é político. Político é o Presidente do Conselho Deliberativo. Quanta tristeza e decepção.

Todos sabemos que uma equipe precisa de união, motivação, falar a mesma língua e se empenhar para atingir o objetivo. Antes, é claro, precisa ser, estar e manter-se qualificada para o seu mister. O comandante precisa estar motivado para transmitir aos seus comandados a garra, a vontade, a determinação e o sangue no olho necessários para fazer a diferença. Jogo de poder, insatisfações outras irão, com certeza, afetar o rendimento dentro de campo.

O equilíbrio psicológico, dentro e fora do campo, será fundamental para se conseguir os resultados positivos necessários.

Como vimos, não é um problema só, são vários. E estamos aos quarenta e cinco minutos do segundo tempo e não estamos vendo nenhuma luz no fim do túnel. Poderemos entrar no Z4 na próxima rodada quando jogaremos contra o Corinthians dentro do Itaquerão (segunda-feira, 22/08, 20 horas).

Sou torcedor e como tal continuarei torcendo pelos milagres, mas os problemas do OUTRORA GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA são muitos e, pelo andar da carruagem, não serão resolvidos a curto prazo, como não foram até agora.

Enquanto a briga pelo poder e os interesses pessoais estiverem acima dos do CLUBE, nós, torcedores, iremos continuar sofrendo.

QUAL A SOLUÇÃO PARA ESSES PROBLEMAS? DEMOCRACIA E TRANSPARÊNCIA.

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Anúncios

Sobre rocharubronegro

Apenas um rubro negro apaixonado.

Publicado em agosto 16, 2016, em Rocha. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: