A VITÓRIA da humildade

Olá amigos rubro-negros!

Na vida, devemos fazer por merecer o lado bom das coisas, pois colhemos aquilo que plantamos. Diz o ditado popular que "quem semeia vento, colhe tempestade". E, mais ainda, podemos afirmar que não é apenas uma ação isolada a causa do sucesso ou insucesso. É uma combinação de fatores. E é analisando esses fatores que procuraremos identificar os problemas e apresentar possíveis soluções para que o NOSSO GLORIOSO VITÓRIA volte a brilhar nesta etapa final do Campeonato Brasileiro da série "B", começando pelos aspectos relevantes que nortearam a "arrepiante e cardíaca" vitória, por 5 X 3, sobre o América-MG, na noite dessa terça-feira (06/11), no Barradão.

Inicialmente, queremos chamar a atenção para uma coisa óbvia: qualquer fato pode ser visto por vários ângulos (visão multifocal ou visão 360 graus), quando um ponto de vista, ou um ângulo de visão não se sobrepõe a outro, pois eles são as diversas fases ou caras de uma mesma moeda. Por isso, não temos nenhuma intenção de sermos o dono da verdade, até porque ninguém o é. Como sempre o fiz, apresentarei meu ponto de vista, procurando respeitar todos os outros diferentes do (s) meu(s).

Como é que uma pessoa, que nunca cobrou um pênalti numa partida oficial e decisiva, completamente abalado e sendo o ponto central de uma crise/problema, que não deveria nem estar jogando, pega uma bola, bota debaixo do braço e diz que vai bater o pênalti e não aparece ninguém para impedir. É amadorismo, desespero, despreparo, descontrole, falta de liderança (de outros), ou muita liderança (sic) dele? É o tipo de coisa que não deve acontecer. Mas aconteceu. Felizmente, alguém (PC) com bom senso, muito jeito (reconhecendo a sua liderança, mesmo que negativa), competência e autoridade, no intervalo do jogo, procurando preservá-lo e, principalmente, preservar o grupo e o VITÓRIA, procedeu a sua substituição, o que veio mudar completamente o comportamento de toda a equipe. Este foi um dos pontos fundamentais para a mudança de todo o "animus" do jogo.

Outra coisa que para mim foi essencial para a mudança de atitude de todo o grupo, além da troca de toda a comissão técnica, foi, como já escrevi no meu texto de domingo (Salve, salve IMBATÍVEIS!!!), a chacoalhada que alguns integrantes da TUI deu nos jogadores no aeroporto. Se isso tivesse acontecido há dez rodadas atrás, a nossa situação hoje, com certeza, seria outra. Aproveito para deixar registrado que sou totalmente contrário a qualquer atitude de violência, porém serei sempre a favor do chamamento à responsabilidade, à consciência de quem tem a obrigação de cumprir com os seus compromissos com a NAÇÃO RUBRO-NEGRA, principalmente quem recebe seus salários e prêmios em dia.

Agora pergunto-lhes: qual a grande lição que tiramos de todas essas turbulências, chateações e emoções vividas nesses últimos dias, últimas rodadas? Respondo-lhes: que a HUMILDADE deve imperar sempre na consciência, no coração e na alma de todos nós; que você, eu, nós não somos o que pensamos, mas o que fazemos. Por mais que achemos que somos isso ou aquilo, se as nossas ações não estiverem condizentes com a ética, os bons costumes e os valores morais, teremos a nossa imagem relacionada, ou melhor, seremos vistos por aquilo que realmente fazemos.

Ficou constatado que alguns jogadores estão precisando de acompanhamento psicológico e/ou psicanalítico, principalmente para controlar a ansiedade, extremamente visível na maioria dos jogadores. Outra grande lição tirada do jogo de ontem, e que seja aprendido por todos, é que futebol é um esporte coletivo e que todos são importantes.

Que a vitória de ontem seja o recomeço de uma nova fase, de uma etapa de sucesso rumo à SÉRIE "A" e que o universo conspire favoravelmente para a conquista do INÉDITO TÍTULO DE CAMPEÃO BRASILEIRO DA SÉRIE "B".

Por isso tudo é que digo que o resultado do jogo de ontem foi "A VITÓRIA DA HUMILDADE", das atitudes tempestivas e da tomada de consciência de que, no futebol, o coletivo deverá sempre sobrepor o individual.

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Anúncios

Sobre rocharubronegro

Apenas um rubro negro apaixonado.

Publicado em novembro 7, 2012, em Rocha. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: