O sonho de um ECVITÓRIA GRANDE. Por Pedro Dórea*

Olá amigos rubro-negros!

O treinador mais uma vez pagou o pato pela política adotada pelo presidente. Ai nem contratando Pep Guardiola ou José Mourinho para dar jeito. Não há milagres!

Embora torça pelo sucesso do novo treinador, pois o êxito dele representará o sucesso do nosso Vitória, eu realmente não creio que Ney Franco tenha o perfil necessário para enfrentar a apatia do comando do Vitória, que desanima jogadores, comissão técnica e até mesmo a briosa torcida do Vitória. Acho que o Ney tem as mesmas características profissionais do seu antecessor, o senhor Caio Jr.

Quando vemos Willie fazer sucesso no Vasco, ficamos a nos perguntar o que está realmente havendo no Vitória, que o liberou repentinamente sem conhecimento dos conselheiros, trazendo atualmente jogadores com quilate técnico inferior e bem mais caros?

Por que Rômulo não é sequer relacionado e Alemão, que era reserva na Ponte, e chegou há poucos dias, entra num jogo importante como titular? Que estimulo terá Rômulo?

Da mesma forma, Juan, que tem menos dias ainda que chegou (e tem problemas com Ney Franco), entrou no lugar do veloz lateral Euller, que estava até bem, apesar de não contar com cobertura da fraca zaga e do nosso meio de campo “cercador” e pouco criativo ?

Por que o time é simplesmente apático no primeiro tempo e “morre de cansaço” no segundo tempo?

Quem foi mesmo o responsável pela prescrição do medicamento que o jogador Escudero tomou? A medicação é ou não permitida? Porque um tricolor declarado é o responsável pelo exame antidoping na Bahia? E no Ba Vi, ele será o responsável pelos exames?

São muitas perguntas sem respostas.

Voltando ao treinador, penso que teríamos de contratar um profissional mais ativo, vibrante e campeão (como Abel Braga, por exemplo), que realmente assumisse o comando do time (em campo e fora dele) sem dar muito espaço a Diretoria para se meter no futebol, pois ela já provou que pouco entende deste assunto, nem mesmo quando investe em bons jogadores (como Maxi e Escudero).

Se é para trocar seis por meia dúzia, tentaria Carlos Amadeu, que é um técnico Campeão na base do Vitória, como foi o treinador do Coritiba (que vem dando certo lá).

Mas a decisão já foi tomada pela Diretoria, e, certa ou errada, agora é torcer e rezar MUITO para Ney Franco acertar nas contratações, que são mais que necessárias (e ainda amarradas) e que ele consiga uns sessenta (60) pontos para nos levar para a Sulamericana, pelo menos.

Tenhamos fé e paciência, pois o fim do ano está muito próximo, vamos esperar uma postura vencedora da nova diretoria do Vitória.

Mas, antes disso, é preciso cuidar de duas DEFESAS no Vitória: a do time, que carece de reforços; e a de Escudero, que precisa provar que não teve responsabilidade na utilização do medicamento prescrito, por ser permitido pela CBF e que a comissão de dopping na Bahia (conduzida por um tricolor) se equivocou (será? tomara).

O NOSSO SONHO É TERMOS UM VITÓRIA CADA VEZ MAIS FORTE. UM VITÓRIA GRANDE COMO É A SUA TORCIDA.

Saudações Rubro-Negras a todos.

*Pedro Dórea é Bel. em Direito e Conselheiro do ECVITÓRIA.

Anúncios

Sobre rocharubronegro

Apenas um rubro negro apaixonado.

Publicado em setembro 3, 2013, em Rocha. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: