Ser ou não ser gestor, eis a questão!

Olá amigos rubro-negros!

Depois de um longo e tenebroso inverno (treze jogos – três meses), finalmente e graças a um menino da base, o NOSSO OUTRORA GLORIOSO ESPORTE CLUBE VITÓRIA voltou a ganhar uma partida – a primeira pela série “B” 2019, depois de ter perdido, na estreia, de 3 X 1 para o Botafogo de Ribeirão Preto-SP. Foi, literalmente, para lavar a alma, dentro do nosso SANTUÁRIO, aos quarenta e cinco (45) minutos do segundo tempo, depois de ter começado perdendo, que aconteceu a virada (2 X 1) frente ao Vila Nova de Goiás, com dois gols do garoto Ruan Levine, sob uma chuva de bênçãos e alegria. Um dilúvio de emoções!

E essa vitória foi fruto do acaso ou mérito do recém eleito gestor (Paulo Carneiro – PC)? Ser ou não ser gestor, eis a questão! Qualquer um que sucedesse os anteriores faria alguma coisa melhor do que o que vinha sendo feito – NADA DE BOM FOI FEITO ANTES. Bastaria ter um pouco de conhecimento do mundo futebolístico, saber que a bola é redonda e que não entra por acaso. Como diz o nobre colega da Sefaz Roberval, “qualquer coisa é melhor que nada”.

Cada gestor tem a sua forma de ser e de gerir. Isto se for gestor. Não foi o caso dos dois últimos remendos que caíram no Barradão, pois de futebol não entendiam nada e, portanto, fizeram valer, para o sucesso de PC, aquele velho ditado que “em terra de cego quem tem um olho é rei”.

Claro que PC teve e tem seus méritos quanto a essa aguardada e sofrida vitória sobre o Vila Nova. Primeiro, mandou embora uma grande quantidade daqueles remendos de jogadores; e, depois, foi a campo pedir (exigir, pois ele não é de pedir nada) raça, determinação e sangue no olho, pois, só assim, esse elenco ruim poderia fazer alguma coisa. Da mesma forma, após a vitória, foi a campo vibrar com a torcida e os jogadores. Mudança de ares e comando. Todos vocês sabem que não morro de amores por ele, mas não podemos deixar de “dar a César o que é de César”.

Sabemos que muita coisa ainda precisa ser feita no nosso amado ECV, seja quanto a um novo planejamento para o futebol, em especial quanto a requalificação do elenco, seja quanto, e principalmente, a recuperação da alta estima e credibilidade do torcedor. Enfim, precisa de uma reformulação total para o nosso Santuário voltar a ser um caldeirão temido por qualquer adversário. Que tudo dê certo e possamos retornar a elite do futebol brasileiro.

E a pergunta que não quer calar: quem foi o grande responsável pela escolha desses dois últimos e horrorosos gestores? Nós, sócios torcedores que elegemos Ivã de Almeida e Sinval Vieira em 2016 (esses não me enganaram) e Ricardo David e Chico Sales no final de 2017. Fomos enganados pelo acéfalo e pelo lero-lero, além de ter sido eleito o pior Conselho Deliberativo da história do clube. Gato escaldado tem medo de água fria.

Eles e suas perdulárias e ineficientes equipes foram os grandes cabos eleitorais e responsáveis pela volta do lobo em pele de carneiro. E isso foi ruim para o Vitória? Só o tempo dirá. Uma coisa temos certeza: pior do que estava não vai ficar. Assim falou Rochadamus! Ser gestor de futebol não é para amadores, cheios de psicopatias, travestidos de boa prosa, lero-lero…

Às vezes é melhor ser autêntico, mesmo que não politicamente correto. Ser gestor, principalmente no mundo do futebol, é ser líder, é entender do metiê, é ter expertise específica, enfim é ser transparente e amar verdadeiramente o Vitória, colocando os interesses do clube acima dos pessoais (aí é que mora o problema – tá difícil!).

Precisamos nos proteger contra candidatos de ocasião, sem história no clube e sem experiência. Melhorias/alterações no estatuto precisam ser feitas, tornando-o verdadeiramente democrático e preventivo contra aventureiros de paraquedas.

Os dois grandes objetivos deste ano são: não cair e, se Deus nos ajudar, subir para a primeira divisão. Oremos!!!

Sejamos todos atuantes e vigilantes para que não aconteça mais o que aconteceu com os dois últimos remendos de gestores que tivemos. TORCEDOR, FIQUE DE OLHO!!!

VITÓRIA, VOCÊ É A SOMA DE TODOS NÓS!!!

Sobre rocharubronegro

Apenas um rubro negro apaixonado.

Publicado em maio 9, 2019, em Rocha. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: